Ativações e Lançamentos

Exposição “Os dias eram assim”

Exposição “Os dias eram assim” CCBB RJ/ Rede Globo

A recém lançada superserie Os dias eram assim também virou exposição e durante duas semanas contou com intensa visitação no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. Em uma das principais áreas do Museu se pode conhecer um pouco do Brasil de 1970 a 1984, anos que marcaram a história do país e de sua gente.
Uma exposição de fotografias permitiu ao visitante uma passeio por uma época marcada pela vontade de viver, pela busca da liberdade e pelo novo. Destacando os grandes personalidades da época.
Palco de aplausos ao pôr do sol, biquíni cortininha e o nascimento de um novo estilo carioca de ser, o Píer de Ipanema foi representado por uma Kombi 74 original com o rack cheio de pranchas carregadas de histórias do surfista Rico de Souza.
No alto do Museu o colorido das asas-deltas que povoaram nossas paisagens foi representado por grandes asas de neon.
Os inesquecíveis “orelhões”, símbolo da popularização da telecomunicação foram vestidos com os tons de 70 e 80. Arte por fora, e por dentro uma playlist deu voz ao movimento musical que marcou a época.
O Cine Brasil, um cinema com sessões diárias resgatou obras clássicas da televisão brasileira.
E para fechar com chave de ouro, uma instalação convidou visitantes de todas as idades, a compartilharem cartas de amor relembrando como eram os encontros naquelas décadas. As cartas podiam ser escritas de próprio punho ou em uma máquina de escrever modelo 80. A instalação que conquistou os espectadores recebeu mais de mil cartas em apenas duas semanas, e teve grande participação do público infantil.

Fotos e time lapse: Marco Sobral